Campinas/SP - Terça, 5 de julho de 2022 Agência de Notícias e Editora Gigo Notícias  
 
 
  home
  gigo notícias
  profissionais
  publicações
  clientes
  projetos
  entrevistas
  baú de notícias
  clippings
  galeria de fotos
  ensaios
  extra pauta
  cadastre-se !
  contato
Digite a expressão que deseja buscar
Cadastre-se e receba, por e-mail, as últimas do ClickNotícia.


Rua Alberto Belintani, 41
Whatsapp: (19) 98783-5187
CEP: 13087-680
Campinas-SP

 

CLIPPING: COIM BRASIL

F&C Indústria Gráfica - São Paulo - Matéria-prima e suprimentos - Pág. 68 - COIM do Brasil pretende conquistar mercado de adesivos


Leia abaixo matéria na íntegra

Coim do Brasil pretende conquistar mercado de adesivos

Desde o ano passado, o Grupo Coim, indústria química de origem italiana, com filial no Brasil, vem aplicando recursos na estruturação da empresa para ingressar no mercado de adesivos. A iniciativa custou para o Grupo US$ 115 milhões até o momento. O investimento teve inicio com a compra da fábrica Novacote/ Alemanha — que pertencia a um grupo anglo-holandês, com a construção de duas unidades fabris — Brasil e Singapura — e adequação das fábricas na Itália e no México.

Hoje, a empresa atende aos segmentos de adesivos para embalagens rígidas e flexíveis — com e sem solvente e a base de água (embalagens alimenticias, gráficas e promocionais) — e vernizes termoselantes (blister para medicamentos, para copos de água mineral e iogurte). Com a estrutura completa poderá investir em novas linhas de produto, contando com a capacidade produtiva para suprir todo o mercado sulamericano. A filial brasileira está sediada em Vinhedo/SR.

Filial brasileira

A redução de gastos com importação - 60% do produto importado passou a ser produzido no Brasil e a base tecnológica e comercial do grupo favoreceram a rápida abertura de mercado no País. Em apenas um ano, a Coim Brasil conquistou 25% de participação no mercado de adesivos. Paulo Giorgiani, gerente comercial para América do Sul, avalia que o crescimento expressivo ocorrido no último ano, apesar da alta competitividade do setor, mostra que a empresa passou a competir de igual para igual com a concorrência, oferecendo produtos de alta qualidade com estoque local a preços competitivos.

Um dos diferenciais que permitiu este avanço foi a vasta gama de serviços oferecida, que inclui testes laboratoriais, desenvolvimento de novos produtos, assessoria técnica na produção do cliente, cursos especializados em laminação, entre outros.

Com a ampliação da planta na fábrica em Vinhedo/SP, já em andamento, a Coim pretende nacionalizar toda a produção na linha de adesivos, modernizar equipamentos e ampliar o investimento em pessoal. No inicio de 2003, a empresa contará com tecnologia inédita no País: uma Laminadora Piloto entrará em operação para oferecer um diferencial em serviços para os clientes. A máquina possibilitará a realização de testes de laminação, além da aprovação e desenvolvimento de novos produtos na própria Coim, evitando que a linha de produção do cliente pare a cada novo teste.

No início de 2003, a empresa contará com tecnologia inédita no País: uma Laminadora Piloto entrará em operação para oferecer um diferencial em serviços para os clientes.

Liderança do mercado

Atuando no mercado nacional desde 997, a unidade Coim Brasil, localizada em Vinhedo/SP, é também líder no segmento de matériaprima para solados (PU). Sua principal característica, além da alta qualidade, é o atendimento diferenciado e serviços prestados aos clientes. A indústria conta com o apoio tecnológico do gru-po mundial, além de um centro de Pesquisa para desenvolvimento de novos produtos e aplicações, sediado em Vinhedo/SP.

Desde que se instalou no Brasil, através da aquisição da Polimind, em 1997, registrou crescimento de 100% em capacidade produtiva e vendas. 0 investimento geral da ordem de US$ 35 milhões rendeu ampliação do espaço físico que passou de 40 para 160 mil m2 de área total aquisição de tecnologia e equipamentos, além da modernização e ampliação do mix de produtos.

A capacidade de produção instalada no complexo industrial da Coim no Brasil éde 30 mil toneladas/ano, com quatro linhas de produtos para mais de 25 diferentes aplicações no mercado, destacando-se os adesivos para laminação. No último ao, investiu mais de R$ 1 milhão de reais na área ambiental, através da recuperação de 32 mil m2 de Mata Atlântica, no terreno da fábrica em Vinhedo/SB e com a construção de uma Unidade de Reciclagem de solados em Novo Hamburgo/RS.

« voltar



   Gigo Notícias    Política de Privacidade