Campinas/SP - Terça, 5 de julho de 2022 Agência de Notícias e Editora Gigo Notícias  
 
 
  home
  gigo notícias
  profissionais
  publicações
  clientes
  projetos
  entrevistas
  baú de notícias
  clippings
  galeria de fotos
  ensaios
  extra pauta
  cadastre-se !
  contato
Digite a expressão que deseja buscar
Cadastre-se e receba, por e-mail, as últimas do ClickNotícia.


Rua Alberto Belintani, 41
Whatsapp: (19) 98783-5187
CEP: 13087-680
Campinas-SP

 

CLIPPING: BANDAG

Revista multivias - Pág. 22 - Prêmio NTC


Leia abaixo matéria na íntegra

ANTC - Associação Nacional do transporte de carga, uma das mais importantes e respeitadas instituições do setor de transporte do País premiou no mês de novembro as empresas que mais se destacaram em 2002, no fornecimento de produtos e prestação de serviços para os transportadores de cargas. O prêmio foi criado em 1998 e tem como critério à qualidade de produtos e/ou serviços, atendimento e preço. O processo de escolha dos vencedores aconteceu por votação dos transportadores de cargas filiados a NTC pela internet e a apuração foi auditada pela Trevisan Consultoria, uma das principais empresas de auditoria do País. Este ano, o V Prêmio NTC Fornecedores teve 15 categorias e, dentre os vencedores em cada uma delas, os transportadores escolheram a melhor empresa do ano. A categoria - melhor concessionária do Pais criada este ano - serviu para confirmar a pesquisa encomendada pela Artesp (Agência Reguldora dos Transportes do Estado de São Paulo) em julho de 2002 que revelou a stisfação de 87% dos usuários com as concessionárias paulistas. Por isto, a disputa entre a Autoban, Ecovias e NovaDutra foi bastante acirrada, mas no final prevaleceu a Autoban.

A concessionária é responsável, desde 1º de maio de 1998, pela administração das rodovias Anhangüera e Bandeirantes. A concessionária gerencia 316,75 quilômetros de rodovias, compostas pela SP 330 (Via Anhangüera), de São Paula a Cordeirópolís, com extensão de 147,04 quilômetros; SP 348 (Rodovia dos Bandeirantes) de São Paulo a Cordeirópolis, com 159,67 quilômetros de extensão; SP 300 (Rodovia Dom Gabriel Paulino Bueno Couto), com extensão de 2,6 quilômetros e a rodovia Adalberto Panzan, com extensão de 7,44 quilômetros, assim como trechos de interligação das rodovias Anhangüera e Bandeirantes.

Para conservar e ampli-ar o sistema Anhangüera / Bandeirantes a Autoban já realizou investimentos em torno de R$ 757 milhões nos últimos cinco anos e até ao final da concessão de 20 anos, os investimenos deverão ficar em torno de R$ 1.100 bilhão. O principal investimento da concessionária foi o prolongamento em 78 km da rodovia dos Bandeirantes até a cidade de Cordeirópolis que teve um custo de aproximadamente R$ 368 milhões. Esse novo trecho atravessa importantes cidades do interior paulista, como Campinas, hortolândia, Sumaré, Santa Bárbara d’ Oeste até chegar em Cordeirópolis. São três faixas de rodagem por sentido, acostamento de 3m e canteiro central. Além disso, esse trecho conta com circuito fechado de TV para monitorar o tráfego, painéis com mensagens variáveis, telefones de emergência, viaturas de inspeção, guinchos e ambulância são alguns dos equipamentos à disposição dos usuários.

O V Prêmio NTC támbem contemplou outras empresas, com destaque para a DaimlerChrysler do Brasil que foi escolhida pela terceira Vez Consecutiva como a melhor fornecedora do ano. A marca Mercedes-Benz venceu em quatro das seis categorias que concorreu: melhor fornecedora de caminhões semileves, caminhões leves, caminhões médios e semipesados e melhor fornecedor de peças e componentes. Desde a instituição do prémio em 1998, a DaimlerChrysler acumulou dezenove premiações, sendo três vezes eleita o “Melhor Fornecedor do Ano”, em 2002, 2001 e 1999. Os caminhões leves, médios e semipesados. Mercedes-Benz são os melhores segundo a opinião dos transportadores. A marca foi premiada cinco vezes consecutivas nessas categorias, enquanto os utilitários Sprinter conquistaram premiações em quatro anos consecutivos. Segundo Gilson Mansur, diretor de Vendas de Veículos Comerciais da DaimleChrysler, a premiação representa um estímulo ao investimento na contínua evolução tecnológica dos produtos da marca. ‘‘Esse prêmio é um importante balizador sobre a aceitação dos caminhões Mercedes-benz pelos transportadores”, explica Mansur.

Ao longo dos 46 anos de presença no mercado brasileiro, a marca Mercedes-Benz tem conquistado a preferência dos transportadores rodoviários de carga e também das empresas de carga própria e dos caminhoneiros autônomos. Com a introdução de novas tecnologias, como a motorização eletrônica, a marca tem oferecido ao transportador um melhor resultado operacional. Essa tecnologia já está presente em todas as categorias de veículos Mercedes-Benz, desde o utilitário Sprinter até os caminhões extrapesados, passando pelos modelos leves, médios, semipesados e pesados. São veículos cada vez mais modernos, eficientes, econômicos e com baixos índices de emissões. Já na categoria caminhões pesados a grande campeã, alias, a pentacampeã, foi a Scania e segundo o diretor de marketing da empresa no Brasil, Emanuel Queiroz, o Prêmio veio coroar um ano muito especial em que a empresa comemora 45 anos de Brasil. “Mais uma vez tivemos o reconhecimento de nossos clientes das empresas transportadoras de cargas pela excelênda de nossos produtos”, salienta Emanuel.

Em 1998, a Sist Global concorreu com companhias que não eram desenvolvedores de sistemas para transportes como Compaq e IBM e mesmo assim, foi agradada com menção honrosa. A partir de 2001 a empresa concorreu com mais duas categorias de empresas, desta vez, desenvolvedoras de softwares para transporte e conseguiu tanto em 2001 como em 2002 o prêmio na categoria software. “Este prêmio muito nos envaidece, pois estamos no mercado há 16 anos, sempre buscando o que há de melhor, para atender nossos clientes. Nosso diferencial é a utilização da melhor tecnologia disponível no mercado, aliada a elevada qualidade de nossos serviços”, destaca o diretor comercial da empresa, Sérgio do Amaral Camargo. A Sist Global é uma software-house voltada para o segmento de transportes, atuando no mercado desde 1986, e como empresa pioneira, investe cada vez mais em novas tecnologias no ramo de prestação de serviços, em processamento de dados e sistemas de comunicação, efetuando grandes parcerias na busca do sucesso cada vez mais presente e atuante. “Nossa equipe técnica é altamente especializada e está em constante atualização, acompanhando os avanços da tecnologia. Os sistemas por nós desenvolvidos são personalizados e tem a garantia de um suporte técnico permanente e treinamento especializado, assim como desenvolvemos também projetos específicos. oferecendo ainda uma série de serviços, sempre com o objetivo de proporcionar organização, modernização e racionalização de custos aos clientes e parceiros comerciais”, ressalta Humberto Tanganelli, diretor técnico da empresa.

Na categoria recuperador de pneus, a Bandag do Brasil Ltda foi a escolhida. Para o gerente-geral da empresa, Roberto Ducatti, a escolha foi um reconhecimento do mercado pela estratégia da empresa voltada totalmente à satisfação das necessidades dos clientes, através da obtenção de resultados comprovados e significativos. Ele explica que a Bandag tem investido no desenvolvimento de programas, produtos e serviços que possibilitem a redução significativa dos custos das empresas que trabalham com transporte (caminhões e ônibus). Paralelamente, busca alicerçar as alianças com sua rede de concessionários exclusivos, através da uniformização de informações e conceitos, da apresentação de ferramentas de trabalho e ações de motivação, além de um diversificado programa tecnológico que permite a manutenção da competitividade, modernidade e um alto padrão de qualidade e confiabilidade. “A premiação significa o reconhecimento do empenho e da dedicação da nossa rede exclusiva de concessionários que, espalhada por todo o Mercosul, tem sua atuação focada no atendimento e na prestação de serviços aos motoristas autônomos e também aos frotistas. O prêmio endossa o que estamos fazendo e aumenta a responsabilidade e o compromisso de melhorar ainda mais para continuar merecendo a confiança do segmento do transporte brasileiro”.
A NTC concedeu também a Medalha Mérito do Transporte a Javali, tradicional empresa do setor de Transporte Rodoviário de Cargas, que completou em dezembro, 57 anos de atividades. A javali surgiu com o objetivo de atender a necessidade de abastecimento de matérias-primas e distribuição de produtos manufaturados das em presas gaúchas para diversas regiões do País. Hoje a empresa atende a todos os municípios das regiões Sul e Sudeste, com foco de atuação em Cargas Fracionadas, abrangendo indústria, comércio, importações e exportações. Possui uma frota de 180 veículos, que rodam mais de 6 milhões de quilômetros por ano, com preendendo veículos leves, médios e pesados. Todos os veículos são monitorados em tempo integral, através do sistema de rastreamento por satélite dando total segurança às cargas transportadas, uma vez que a localização das mercadorias é obtida em tempo real. No ano de 2002, a empresa deverá ultrapassar a marca de 250 mil operações, correspondendo a aproximadamente 95 mil toneladas transportadas.

As demais empresas premiadas foram: Randon que se sagrou pentacampeã em implementos rodoviários, Cummins (pentacampeã em motores diesel), Michelin (pentacampeã em pneus), Petrohrás (distribuidora de combustíveis), Bepo (acessórios), Autotrac (tetracampeã em eletrônica embarcada, categoria criada em 1999) e Apisul (corretora de seguros).

« voltar



   Gigo Notícias    Política de Privacidade