Campinas/SP - Terça, 5 de julho de 2022 Agência de Notícias e Editora Gigo Notícias  
 
 
  home
  gigo notícias
  profissionais
  publicações
  clientes
  projetos
  entrevistas
  baú de notícias
  clippings
  galeria de fotos
  ensaios
  extra pauta
  cadastre-se !
  contato
Digite a expressão que deseja buscar
Cadastre-se e receba, por e-mail, as últimas do ClickNotícia.


Rua Alberto Belintani, 41
Whatsapp: (19) 98783-5187
CEP: 13087-680
Campinas-SP

 

CLIPPING: COLÉGIO VISCONDE DE PORTO SEGURO

Jornal Terceira Visão - pág. 08 - Comemoração dos 125 anos


A solidariedade e a integração de uma única família composta pelos atuais 10.500 alunos e por ex-alunos marcaram a festa dos 125 anos do Colégio Visconde de Porto Seguro, realizada durante toda tarde de sábado, dia 20, no Estádio Cícero Pompeu de Toledo - Morumbi/ SP.

O evento reuniu mais de 46 mil pessoas e contou com a presença de autoridades estaduais e municipais como o Secretário de Estado da Educação de São Paulo, Professor Gabriel Chalita - representou o Governador Geraldo Alckmin - prefeito municipal de Valinhos Vitório Antoniazi, embaixador da Alemanha no Brasil, Uwe Kaestner, presidente da Fundação Visconde de Porto Seguro Alfried Plöger, diretora geral do Colégio Mariana Battaglia e diretores das quatro unidades. A prefeita de São Paulo, Marta Suplicy não pode estar presente e enviou uma carta em cumprimentando a direção do Colégio pela data.

O presidente da Fundação, Alfried Plöger, fez o discurso de abertura em português e alemão, ressaltando a importância da escola que começou alemã, na história da educação brasileira.

Em seguida o embaixador da Alemanha no Brasil, Uwe Kaestner, em seu discurso lembrou que a Fundação é uma das principais instituições Alemã/Brasileira a fomentar as relações culturais e sociais entre os dois países. “É de extrema importância à dualidade cultural, ética, religiosa aplicada pela Fundação e faço votos para que o futuro do Colégio seja tão bem sucedido quanto é hoje”.

Após os discursos, a cantora Fafá de Belém emocionou o público ao interpretar o Hino Nacional e Hino do Colégio. “Tenho imenso prazer em estar aqui para saudar o Porto Seguro e esta grande e maravilhosa família”. Na seqüência, a consagrada equipe de pára-quedistas Azul do Vento, de Campinas/SP, trouxe do céu as bandeiras do Brasil, Alemanha e do Colégio para posterior hasteamento por alunos e ex-alunos. Os pais se emocionaram com as coreografias apresentadas pelos 10.500 alunos das quatro unidades do colégio. Divididos por séries e apresentando números temáticos passando por samba, modas infantis e até rock. Um momento que marcou muito foi a apresenação da Banda da Escola da Comunidade seguida do desfile dos alunos concluintes do Ensino Médio. Os ex-alunos participaram como convidados especiais e reencontraram antigos amigos. A diretora geral do Colégio Mariana Battaglia disse que a festa foi especialmente preparada para que eles se sentissem de volta a casa.

Os pequeninos alunos do Portinho se divertiram durante toda à tarde com palhaços e malabaristas. Já para os pais foi preparada uma ampla praça de alimentação.

Ao final, já com sol posto, foram sorteados diversos prêmios como telefones celulares, jóias, viagens e até dois veículos zero quilômetro, um Gol, da Volkswagem e uma van Classe A, da Mercedes Benz. O aluno Domenico Micarone Junior, do Ensino Médio da Unidade II, em Valinhos/SP, foi contemplado com o Gol.

O escuro da noite que começava na cidade de São Paulo ajudou a queima que consumiu quase uma tonelada de fogos e durou aproximadamente 20 minutos, tomar-se ainda mais atrativa aos que esperaram até o final.

Fome Zero recebe 80 toneladas de alimentos do Porto Seguro

Com a participação de pais, alunos e professora das quatro unidades do colégio foi possível arrecadar 80 toneladas de alimentos não perecíveis que serão destinadas ao Programa Fome Zero do Governo Federal. Segundo o Presidente de Fundação Visconde de Porto Seguro, Alfried Plöger, os alimentos serão encaminhados pela própria direção da fundação à bolsões de pobreza estabelecidos pelo governo, com o auxílo de empresas colaboradoras. As doações foram feitas pelos pais de alunos e professores que trocaram alimentos não perecíveis por ingressos para a festa.

« voltar



   Gigo Notícias    Política de Privacidade