Campinas/SP - Segunda, 4 de julho de 2022 Agência de Notícias e Editora Gigo Notícias  
 
 
  home
  gigo notícias
  profissionais
  publicações
  clientes
  projetos
  entrevistas
  baú de notícias
  clippings
  galeria de fotos
  ensaios
  extra pauta
  cadastre-se !
  contato
Digite a expressão que deseja buscar
Cadastre-se e receba, por e-mail, as últimas do ClickNotícia.


Rua Alberto Belintani, 41
Whatsapp: (19) 98783-5187
CEP: 13087-680
Campinas-SP

 

ASGROW LANÇA NOVOS PRODUTOS DURANTE A HORTITEC  


A Asgrow, uma das marcas de sementes de hortaliças da Seminis Vegetable Seeds, atua no Brasil há 23 anos, trabalhando com cerca de 150 produtos diferentes. A sede brasileira fica em Campinas/SP, de onde é coordenada a rede de distribuição e consultoria técnica para todo o pais, sob a Gerência do engenheiro agrônomo Ayrton Almeida Tullio. Há 4 anos a Comunicativa atende a Asgrow, produzindo o jornal A Semente (direcionado a produtores e técnicos) e também coordenando as relações entre empresa e imprensa através de um trabalho permanente de Assessoria de Imprensa em âmbito nacional.


»
Baú de Notícias
» Clipping

   


Alface Ace


A Asgrow, empresa do grupo Seminis Vegetable Seeds, aproveita a Feira Internacional de Hortaliças, Flores e Mudas (Hortitec 2002) que acontece de 20 a 22 de junho em Holambra/SP, para lançar quatro novos produtos que proporcionam lucratividade ao produtor, equilíbrio ao meio ambiente e saúde ao consumidor. Os novos produtos foram desenvolvidos com exclusividade e pioneirismo, para solucionar problemas bem específicos deste mercado. Todos eles foram adaptados às condições específicas do Brasil e testados nas principais regiões produtoras. As sementes já estão disponíveis nos distribuidores em todo país.


Tomate Avansus:

forte contra doenças, produtivo e durável


Considerado o longa-vida verdadeiro (por possuir o gene RIN), o tomate Avansus é um híbrido do tipo Santa Cruz, com frutos graúdos (250 a 280 gr) bem vermelhos e muito firmes, polpa grossa e longa conservação pós-colheita (cerca de um mês), sem perder o sabor. Mas a principal característica é a alta resistência a vira-cabeça (TSWV) - uma virose que mata as plantas rapidamente, e tolerância ao fundo preto (provocado pela deficiência de cálcio). O Avansus tem boa adaptação às mudanças de temperaturas que normalmente ocorrem entre janeiro e abril, mantendo a produtividade alta. Foi testado nas regiões Sul e Sudeste, em especial no Sul de São Paulo e em Santa Catarina, onde o cultivo de tomate é muito forte.


Chicória Pandora é grande e tolerante à murcha

A murcha das folhosas, que tem causado muitos prejuízos principalmente no cinturão verde de São Paulo, está com os dias contados na produção de chicórias. A Pandora é a primeira chicória do mercado brasileiro resistente ao fungo Thielaviopsis basícola, que provoca a doença de solo causadora da murcha. Ela produz mais que as variedades tradicionais e tem uma cabeça bem preenchida por folhas, com bom peso (1.200 a 1.800 kg). É uma planta rústica, capaz de suportar melhor o estresse provocado pela variação climática. Por isso, pode ser cultivada o ano todo sem pendoar. Os principais testes de campo desta chicória foram realizadas nas regiões de Mogi das Cruzes e Campinas/SP.


Alface americana Ace

é precoce, pesada e produtiva


Desenvolvida para cultivo no inverno (semeaduras de março a julho), a Ace atende à solicitação por alfaces americanas mais precoces e com maior peso médio de cabeça. Altamente produtiva (40 a 50 t/ha), mostrou-se resistente ao míldio em testes de campo, tem ciclo mais curto (65 a 70 dias) e a cabeça compacta, pesando entre 800 gr e 1,2 kg e resiste bem ao transporte de longas distâncias. A precocidade permite a diminuição dos custos de produção, com retorno financeiro mais rápido ao produtor. Os testes de campo mostram que a Ace pode ser cultivada em todo o Brasil, mas principalmente nas áreas de produção onde o inverno é mais rigoroso (como no cinturão verde de São Paulo e região Serrana do Rio de Janeiro).


Alface lisa Letícia

sem míldio, para plantar no inverno


No inverno, um dos principais problemas do cultivo de alfaces é a ocorrência de míldio, uma doença foliar severa que contamina as mudas ainda nos viveiros e compromete toda a produção. Como os fungicidas são caros e nem sempre eficientes, a Letícia surge como a melhor opção. Esta é a primeira variedade que mostrou em testes de campo a resistência a míldio e é bem adaptada ao cultivo de inverno (mais tolerante a geadas e danos mecânicos). Extremamente uniforme, a nova alface lisa tem cabeças grandes, com base quadrada e textura diferenciada, sendo considerada a mais saborosa, sedosa e macia por quem já experimentou.


Fontes:
. Eng. Agr. Carlos Alberto Tavares,
da Área de Desenvolvimento de Produtos da Seminis Vegetable Seeds (SVS) - Fone (19) 3705 9326
. Eng. Agr. Ayrton A.Tullio Jr., Gerente Comercial da Asgrow no Brasil
Fone (19) 3705 9300




 


Outras fotos :


Alface Letícia


Chicória Pandora

 
 
   
   
« voltar  


   Gigo Notícias    Política de Privacidade