Campinas/SP - Sábado, 2 de julho de 2022 Agência de Notícias e Editora Gigo Notícias  
 
 
  home
  gigo notícias
  profissionais
  publicações
  clientes
  projetos
  entrevistas
  baú de notícias
  clippings
  galeria de fotos
  ensaios
  extra pauta
  cadastre-se !
  contato
Digite a expressão que deseja buscar
Cadastre-se e receba, por e-mail, as últimas do ClickNotícia.


Rua Alberto Belintani, 41
Whatsapp: (19) 98783-5187
CEP: 13087-680
Campinas-SP

 

BAILES COM BRISA
Climatização saudável anima a festa no Centro Evolução
 


A ECOBRISA, marca da Viva Equipamentos Comércio Ltda, é a empresa líder no mercado nacional de refrigeradores evaporativos de ar e pioneira nesse tipo de climatização para ambientes domésticos no País. Seu grande diferencial de seu produto está na tecnologia: o resfriamento ocorre por meio de evaporação de água, que aumenta a umidade relativa do ar, sem o uso gases refrigerantes prejudiciais ao meio ambiente. Uma bomba irriga, a partir de um reservatório, um painel evaporativo por onde o ar passa, insuflado por um ventilador. O consumo médio de um modelo doméstico é de 95 watts, o mesmo de uma lâmpada incandescente e até 95% menor do que o de um condicionador de ar convencional. Estes aparelhos são econômicos, saudáveis e ecologicamente corretos. A empresa atua no ramo de climatização desde 1999. Está sediada em Campinas/SP, onde mantém uma capacidade de produção mensal de até 1500 resfriadores, com perspectiva de ampliação para o verão, atendendo clientes em várias regiões do Brasil e no Mercosul. Além da comercialização, possui equipamentos próprios usados para a prestação de serviços de climatização de ambientes em feiras, exposições e eventos diversos. Rua Francisco Ceará Barbosa, 394 - 13082-030 - Campinas/SP - Fone: (19) 3246 1414


»
Baú de Notícias
» Clipping

   



Tem algo novo no ar dos bailes do Centro Cultural Evolução, no Largo do Rosário. A administração da casa colocou um aparelho Ecobrisa de climatização por evaporação de água, no salão onde acontecem os animados bailes de quarta-feira. A festa a preços populares e com um repertório musical que passeia dos boleros ao forró pé de serra, tem na terceira idade, a grande maioria de seu público.

Quando a banda começa a tocar, pouca gente fica sentada. Em pouco tempo se formam pares. São senhores casados, viúvos, amigos; gente que vai até lá para aproveitar a vida. A animação é tão grande que fica difícil acreditar que a maioria dos dançarinos é composta por pessoas “de idade”.

Alberto Silva, coordenador administrativo do Centro, ressaltou a importância de um sistema de climatização que renove o ar: “Além das pessoas que dançam a tarde inteira, há também aquelas que fumam. Preservar o ar é uma forma de dar conforto e de cuidar da saúde de quem freqüenta a casa. O aparelho está em fase de testes e a direção do Centro está viabilizando a aquisição desse e de outro aparelho do mesmo modelo, assim como sua instalação definitiva, em locais de maior aproveitamento do ar com menos ruído. O modelo EB300 que foi instalado no salão é indicado para áreas de 300 metros quadrados.

A viúva Dalva Bertolotti Freitas, professora aposentada, só perde o baile quando viaja para visitar os netos. Dona Dalva aprovou a novidade: “O ar está muito mais fresco. Dá para se divertir muito mais.” José Oscar da Silva, militar de 46 anos, também é assíduo nos bailes. Além das quartas-feiras, José Oscar vai ao Centro todos os dias tomar um cervejinha com os amigos. “O ar tá maravilhoso. Antes era muito abafado” – e se anima – “Assim dá para dança a até a noite; até amanhecer.”
O Centro Cultural Evolução fica em um casarão construído em 1986, que passou por grandes alterações estruturais para comportar salões, teatro e cinema. A temperatura elevada no verão era um dos maiores problemas resultantes das mudanças físicas. Apesar das telhas de barro, a altura do teto – que fica em torno de 5 metros do chão – não é suficiente para afastar o calor.
 


Outras fotos :



 
 
   
   
« voltar  


   Gigo Notícias    Política de Privacidade