Campinas/SP - Sábado, 2 de julho de 2022 Agência de Notícias e Editora Gigo Notícias  
 
 
  home
  gigo notícias
  profissionais
  publicações
  clientes
  projetos
  entrevistas
  baú de notícias
  clippings
  galeria de fotos
  ensaios
  extra pauta
  cadastre-se !
  contato
Digite a expressão que deseja buscar
Cadastre-se e receba, por e-mail, as últimas do ClickNotícia.


Rua Alberto Belintani, 41
Whatsapp: (19) 98783-5187
CEP: 13087-680
Campinas-SP

 

DATA-SUS TEME UMA EPIDEMIA DE CÂNCER DE MAMA  


O Colégio Visconde de Porto Seguro, Unidade II, em Valinhos/SP, foi criada pela fundação Visconde de Porto Seguro em 1980 com o objetivo principal de atender os filhos de estrangeiros, particularmente alemães, das empresas da região de Campinas/SP. Hoje tem 2.733 alunos e é uma referência de qualidade no segmento educação. O professor Admir Moreli é o atual diretor da unidade respondendo a Mariana Bataglia, diretora geral do Colégio Visconde de Porto Seguro que conta com três unidades em São Paulo. Sua relação com a Comunicativa ACJ teve início em 1994 com a produção de um informativo institucional que logo passou para 4 edições anuais. Desde 1997 conta, também, com Assessoria de Imprensa.


»
Baú de Notícias
» Clipping

   


CAMPINAS/SP


Brasil fecha 2021 com recuperação no número de mamografias

No Estado de São Paulo também houve recuperação, mas total de exames em 2021 ainda ficou abaixo de 2019, ano pré-covid

O ano de 2021 apresentou uma retomada no número de mamografias realizadas no país pelo sistema público de saúde em relação ao mesmo período de 2020, mas ainda bem abaixo ao nível de 2019, período anterior à pandemia de covid-19, segundo levantamento feito pela mastologista Jordana Bessa, membro da Sociedade Brasileira de Mastologia-SP. A mamografia é o melhor método para diagnosticar tumores iniciais nas mamas.

Com o represamento de exames no Brasil, em 2020 mais de 800.000 mulheres entre 50 e 69 anos deixaram de fazer mamografias, e possivelmente cerca de 4.000 casos de câncer de mama deixaram de ser diagnosticados, segundo o artigo publicado na Revista de Saúde Pública em abril de 2021 pela dra. Jordana Bessa, com o título Breast imaging hindered during covid-19 pandemic in Brazil

Na atualização do artigo, o sistema público de saúde nacional registrou em 2021 um aumento no número de exames feitos , mas ainda abaixo do registrado em 2019 - pré-pandemia. Abaixo, a tabela com os totais de exames realizados entre 2019 e 2021. O mesmo levantamento aponta recuperação no número de exames no Estado de São Paulo, mas também ainda abaixo do resultado de 2019.


Mamografias no Brasil, em mulheres entre 50–69 anos, de 2019–2021.

Brasil:

Ano Exames
2019 – 1.964.013
2020 – 1.190.577
2021 – 1.675.317

No Estado de São Paulo:

Ano - Exames
2019 – 291.743
2020 – 186.636
2021 – 254.134

Fonte: DATASUS

Apesar da retomada, estes resultados podem apontar para uma possível epidemia de câncer de mama, causada pela queda de exames por causa da pandemia, pela maior incidência de câncer de mama globalmente (ultrapassou o câncer de pulmão), pelo aumento de casos em jovens (menos de 40 anos), e pelo fato de o Brasil ser um dos países com tendência de piora da mortalidade.
 

 
Cadastro de Jornalista  
   
   
« voltar  


   Gigo Notícias    Política de Privacidade