Campinas/SP - Segunda, 4 de julho de 2022 Agência de Notícias e Editora Gigo Notícias  
 
 
  home
  gigo notícias
  profissionais
  publicações
  clientes
  projetos
  entrevistas
  baú de notícias
  clippings
  galeria de fotos
  ensaios
  extra pauta
  cadastre-se !
  contato
Digite a expressão que deseja buscar
Cadastre-se e receba, por e-mail, as últimas do ClickNotícia.


Rua Alberto Belintani, 41
Whatsapp: (19) 98783-5187
CEP: 13087-680
Campinas-SP

 

ORQUESTRA JOVEM FAZ MARATONA PARA GRAVAÇÃO DE CD  


A Orquestra Jovem de Campinas foi criada em abril de 2002 com o objetivo de incentivar a formação de um público para a música clássica e proporcionar mais oportunidades aos jovens da região que desejam ingressar neste segmento. A Sinfônica Jovem, que já se apresentou em importantes espaços culturais da região, reúne os 50 melhores músicos, entre 15 e 27 anos, da Unicamp e do Interior do Estado de São Paulo. Todos esses músicos recebem uma bolsa, obtida através dos apoios da Unicamp e Petrobrás. Desde 2002, a Sinfônica se apresenta sob a regência da maestrina Simone Menezes e está vinculada ao Núcleo de Integração Cultural da Unicamp (Nidic). Os ensaios ocorrem às terças e quintas das 17:30 às 19:30 no Espaço Cultural Casa do Lago (Rua Érico Veríssimo, sem número; Cidade Universitária Zeferino Vaz, Distrito de Barão Geraldo). O telefone para contato é o (19) 3788-1702.


»
Baú de Notícias
» Clipping

   


O palco do Centro de Convivência Cultural de Campinas foi transformado em estúdio de gravação


Ao todo foram quase 30 horas de trabalho de estúdio, adaptado nas dependências do teatro interno do Centro de Convivência Cultural, em Campinas/SP, para garantir a qualidade do projeto, que tem com o objetivo principal contribuir para a formação de uma nova geração de público de música erudita no Brasil. Passado o desgaste das gravações a Orquestra jovem retorna aos palcos. Estão previstas para o mês de outubro duas apresentações, nos dias 27 e 28, na qual a orquestra jovem interpretará peças do compositor Beethoven.

Na avaliação da maestrina Simone Menezes, o trabalho de gravação do CD foi muito positivo, e se consolidou como mais um passo para a profissionalização dos jovens músicos. “Foi muito gratificante apesar do desgaste. Acho que todos nós aprendemos bastante ao passar por mais essa experiência. Sem dúvidas, esse trabalho vai lapidar o talento desses meninos e meninas que, muito em breve, vão estar tocando como músicos profissionais em várias orquestras pelo mundo”, disse.

Avaliação crítica
“A rotina do músico instrumentista, seja este jovem iniciante ou profissional, é sempre árdua. Horas de trabalho individual, concentração permanente, disciplina impecável, e paciência, e minha gente, é preciso muita...” . Esta é a avaliação de Esdras Rodrigues, professor do Departamento de Música da Unicamp e integrante do trio Carcoarco) Para ele, o desfio de gravação do primeiro CD põe à prova o preparo de sua quase meia centena de jovens músicos, dirigidos pela maestrina Simone Menezes. Pela avaliação dos ensaios preparatórios para a gravação que acompanhei, explica Esdras, “o desafio será encarado com muita garra: A orquestra, com apenas 3 anos de existência, já exibe suficiente maturidade para responder rapidamente aos problemas de praxe do preparo da trama sinfônica, como equilíbrio, articulação, afinação, e expressividade, e para realizar convincentemente o repertório brasileiro a ser gravado”. O entusiasmo individual de seus jovens músicos, continua, “soma-se bem num som coeso e vibrante”.

Ziraldo na homenagem a Mahle
O trabalho de confecção do CD contará com a participação do cartunista Ziraldo, que fará algumas lustrações das peças tornando-as mais lúdicas. O trabalho da Orquestra Jovem homenageia o maestro alemão naturalizado brasileiro Ernst Mahle, 76, morador de Piracicaba, interior do Estado. Todas as obras gravadas pela orquestra são de autoria do maestro. A escolha do repertório e da homenagem aconteceram por conta da identificação da Orquestra com o trabalho que o maestro Ernt Mahle desenvolveu ao longo de mais de 50 anos de dedicação à música erudita no Brasil.

Segundo Simone, Mahle é responsável pela formação de inúmeros músicos brasileiros que atualmente tocam em orquestras do mundo todo. “O trabalho que ele desenvolveu, divulgando e formando novos músicos no Brasil nos inspirou a homenageá-lo neste projeto”, conta.

Para a maestrina, ter a oportunidade de gravar obras do maestro Ernst Mahle foi bastante enriquecedor para a Orquestra Jovem, pois serviu como primeira experiência para a grande parte do elenco de músicos. “Foi um desafio, mas apesar da pouca idade da maioria dos músicos da orquestra, eles conseguiram manter o foco e a disciplina que a gravação de uma orquestra exige e, estão surpreendendo pelo profissionalismo e evolução”, disse Simone.

Experiência profissional
A avaliação positiva da maestrina em relação ao trabalho de gravação do CD é compartilhada também pelos jovens músicos da orquestra. De acordo com Raquel Velho, 15, musicista responsável por um dos violoncelos que compõe a orquestra, ter participado da gravação do CD foi uma experiência única. “Foi uma experiência nova. Muito difícil, mas também muito gratificante, que me ajudará bastante na minha carreira”, diz Raquel, que toca desde os quatro anos de idade.

Outra jovem que aproveitou bastante o processo e gravação foi a percussionista Fernanda Vieira, 21. Segundo ela, a sensação ao término dos trabalhos é uma mescla de alívio pelo fim da maratona e ansiedade para ouvir o material final. “Precisamos manter a qualidade da nossa música. Ao ouvido comum a falta de afinação fica imperceptível, mas em um processo de gravação, isso não pode acontecer”, disse.

Novos Apresentações
A Orquestra Jovem de Campinas deve realizar outras duas apresentações ainda este mês na cidade. Elas acontecerão no dia 27, a partir das 19h, na Casa do Lago, na Unicamp (gratuita), e no dia 28, no Centro de Convivência Cultural, às 20h30. Os ingresso para este espetáculo custam R$ 5 (inteira) e R$ 2,50 (meia entrada). Nas duas apresentações a Orquestra Jovem interpretará peças de Beethoven.

Fontes:
Simone Menezes – Fone: (19) 3788 1702 (11) 9913-7408
Apoio a imprensa:
Comunicativa - Assessoria e Consultoria Jornalística
Fone: (19) 3256 4863 - www.clicknoticia.com.br
Jornalista: Rodrigo Rossi (19) 9219-6544 (19) 3254-1217

 


Outras fotos :


O maestro Ernst Mahle e a maestrina Simone Menezes. Ele escolheu todas as peças do CD, que será em sua homenagem.

 
 
   
   
« voltar  


   Gigo Notícias    Política de Privacidade